Gil Vicente avança com a construção de dois campos de treino

O Gil Vicente vai ter, ainda esta época, dois campos de futebol junto ao Estádio Cidade de Barcelos. O clube assinou um protocolo com a Câmara Municipal, que inclui uma tranche de 100 mil euros, para as obras que vão avançar de imediato. Os dois campos de treino, um de relva natural e outro com piso sintético, serão construídos na zona norte do Estádio Cidade de Barcelos, em terrenos da Câmara Municipal e que são assim cedidos ao clube.

O presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, considera que é um empreendimento necessário para dar condições aos jovens de praticarem desporto: “Tem a ver com a prática de treinos e para não sacrificar tanto o relvado do Estádio Cidade de Barcelos. O Gil Vicente também utilizado outros campos do Município, o que implica custos e alguns riscos nas deslocações. Isto permite que o Gil e a sua formação se mantenham num espaço mais fechado junto ao Estádio evitando deslocações, com os custos e riscos inerentes. É bom que os nossos jovens também tenham condições para praticar desporto”.

Numa fase posterior, está prevista a construção de uma pista de tartã. Mas, para já, sublinha Francisco Dias, presidente do Gil Vicente, o importante é que avancem os campos de treino: “Era bom que se pudesse fazer tudo de uma só vez. Avançam estes dois campos de imediato e na segunda fase vamos pensar mais à frente”.

O valor total do investimento nos campos de treino, segundo Francisco Dias, ainda não foi totalmente apurado, estando dependente da construção ou não de bancadas, mas anda na ordem das centenas de milhares de euros.  Os campos de treino são uma reivindicação antiga do clube, faziam parte da segunda fase da construção do Estádio Cidade de Barcelos, prevista na PPP Barcelos Futuro, mas acabou por não avançar devido ao fim da parceria público-privada.

Rádio Cávado Barcelos