Negreiros e Pereira disputam amanhã Supertaça do Popular

É amanhã a Supertaça da Associação de Futebol Popular de Barcelos. Negreiros, vencedor da Taça Cidade de Barcelos, e Pereira, Campeão da Primeira Divisão, discutem, amanhã, a partir das 20h30, no Estádio Cidade de Barcelos, o troféu que marca o arranque da época do futebol popular no concelho. Uma coisa já se sabe: o troféu terá um vencedor inédito, uma vez que ambas as equipas se estreiam Supertaça. Em declarações à Rádio Cávado, o treinador do Pereira, Serginho, sublinha que o objetivo é ganhar: “É a primeira vez e com muito mérito atendendo ao percurso da época passado em que também fomos campeões pela primeira vez. Esperamos, antes de mais, vencer. A nossa mentalidade é ganhar todos os jogos. Sendo uma final, é totalmente diferente, porque tem de ser um jogo resolvido em 90 minutos ou 120 e em último caso em grandes penalidades. Sendo duas equipas muito equivalentes que já se conhecem, que se respeitam e estão habituadas a andar nos primeiros lugares, eu vejo aqui muita dificuldades para ambas as formações. Quem errar menos, terá mais hipóteses de ganhar o troféu”.

Rui Paulo, treinador do Negreiros, também espera uma partida difícil e aponta para o mesmo objetivo: “É a primeira vez que estamos na Supertaça e depois de termos provado o sabor da vitória na Taça queremos muito trazer a Supertaça para Negreiros. O Pereira também joga a Supertaça pela primeira vez, mas é uma equipa mais madura, com mais anos de Popular. O Pereira, desde que me lembro, sempre foi uma equipa que lutou por objetivos cimeiros. Penso que será uma partida típica de pré-época, nenhuma equipa estará no seu melhor a nível fiísica, mas vai ser uma luta tremenda pela vitória, de certeza absoluta”.

A Supertaça realiza-se pela primeira vez à noite. É uma nova experiência que David Tomé, presidente da Associação de Futebol Popular de Barcelos, espera que resulte em pleno: “Queremos fazer um jogo à noite, com estas características de final, para avaliarmos em termos de adesão do público e mesmo em termos de espetáculo. É uma experiência que nunca tínhamos feito”.

O treinador do Negreiros, Rui Paulo, vê com bons olhos a mudança para o horário noturno: “É uma novidade. Esta direção tem inovado e acho que vai trazer mais motivação para as equipas. É a primeira vez que vai acontecer no Popular e dá a ideia de que é mais profissional”.

Também o treinador do Pereira, Serginho, aplaude a mudança, apesar dos constrangimentos que cria: “A ideia é original e o mais fácil é sempre criticar quando se faz algo de diferente. Atendendo às nossas limitações de logística, o horário não é fácil em termos de alimentação, os atletas vão ter que almoçar e depois fazer um lanche reforçado… Vamos ver como vai correr, mas é de aplaudir quando se faz algo de inovador”.

O jogo da Supertaça marca o início da nova época do Campeonato Popular, que este ano sofre duas desistências e, por outro lado, conta com um regresso e uma estreia, sublinha David Tomé: “Verificam-se duas desistências por insuficiências das estruturas dos clubes a nível de dirigentes, o Águias de S. Fins e o Silveiros; temos um regresso que é Os Estrelas de S. Pedro e uma nova entrada, que é Os Ceramistas de Galegos S. Martinho”.

O jogo da Supertaça do Popular coloca frente-a-frente Negreiros e Pereira, amanhã, às 20h30, no Estádio Cidade de Barcelos, com relato na Rádio Cávado.

Rádio Cávado Barcelos