“Menina Júlia”, estreia da Capoeira, encerra Festival de Teatro

A 30.ª edição do Festival de Teatro de Barcelos encerra domingo com a estreia da peça “Menina Júlia”, da Capoeira. À Rádio Cávado, o encenador da peça e presidente da Capoeira, Tiago Ferreira, falou sobre esta que é a 67.ª produção da companhia de teatro barcelense: “É um espetáculo de August Strindberg que começa quase como uma comédia e acaba quase como uma tragédia grega. É um espetácuo muito interessante que relata a vida da Júlia, uma moça da alta aristocracia, que se envolve com o criado do pai, que é uma pessoa ambiciosa e quer subir na vida. Há também a criada, que é a noiva do João, o criado, e há ali um triângulo amoroso”.
“Menina Júlia” coloca em cena três atores apoiados por uma equipa empenhada, sublinha Tiago Ferreira: “Vai ter um grande componente do teatro contemporâneo, o próprio cenário, os figurinos e a linguagem do espetáculo. São só três atores em palco e depois toda uma equipa por trás, desde a cenografia, figurinos, desenho de luz, toda uma produção que vai superar as expectativas e o público vai gostar de ver.
A estreia de “Menina Júlia” está marcada para as 16h00, de domingo, no Teatro Gil Vicente. A entrada é livre, mas sujeita a reserva. Os interessados podem reservar o bilhete no balcão do Teatro Gil Vicente, através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253809694.
Rádio Cávado Barcelos