Domingos Pereira considera “ridículo” caso das viagens ao Parlamento em carro da Câmara

1 year ago Autárquicas 20172

Domingos Pereira usou carro e motorista da Câmara de Barcelos para se deslocar a Lisboa onde exercia o cargo de deputado na Assembleia Municipal. A notícia foi avançada quarta-feira pelo Correio da Manhã. O ex-vice-presidente da Câmara, em declarações à Rádio Cávado, afirma que estava a trabalhar para o Município, portanto, trata-se de uma situação legal e considera o caso “ridículo”: “Não tem fundamento nenhum, é completamente ridículo. Eu estava ou não estava a trabalhar? Tinha ou não tinha os quatro pelouros de Atividades Económicas, Financeiro, Gestão Económica e Financeira, Recursos Humanos – Contratação? Tinha ou não tinha gabinete para despachar? Tinha. Há ou não há registos da minha presença do Município para fazer todos os despachos? Portanto, isso é normal. Isto é uma tentativa para denegrir a minha pessoa mas não vão conseguir, porque isto é absolutamente legal”. 

Domingos Pereira considera que a polémica é “uma tentativa desesperada” da campanha de Miguel Costa Gomes para o atacar, mas promete não entrar na “chicana” política: “É a tentativa desesperada do presidente da Câmara e de um assessor dele para a área da campanha eleitoral que já pegaram nisto há cerca de três meses, andaram a recolher fotocópias, entregaram na redação de um jornal, mas ninguém valorizou, e agora pegaram nisto para dar um grande caso. Porquê? Porque estamos em pré-campanha eleitoral, mas eu não vou envolver-me nisto”.

Ao Jornal de Notícias, o presidente da Câmara revelou que encaminhou o assunto para os serviços jurídicos do Município pedindo a abertura de um inquérito interno.

Rádio Cávado Barcelos