Manuel Marinho. “MIB está adormecido, mas não está morto”

2 years ago Autárquicas 20178

O Movimento Independente por Barcelos não vai apresentar nem apoiar qualquer candidatura à Câmara e Assembleia Municipal. Em declarações à Rádio Cávado, o vereador Manuel Marinho explica o porquê desta decisão: “Tem que ver, em primeiro lugar, com a decisão de que não estaria disponível para repetir a candidatura, uma vez que o MIB tinha que se assumir como um projeto de Barcelos e para Barcelos e demarcar-se de um projeto com uma marca unipessoal. Entretanto, foi-se tentando que pessoas do MIB com alguma notoriedade pudessem assumir uma candidatura, só que não houve pessoas que tivessem essa disponibilidade e motivação. Numa fase posterior, como é público, surgiram negociações com as candidaturas de Domingos Pereira e do PSD para haver apoio às candidaturas deles. Houve conversações, mas principalmente porque ambos não incorporavam ideias essenciais que o MIB defende no seu programa, entendeu-se que não havia condições para o MIB apoiar qualquer uma dessas candidaturas”.

O MIB vai, no entanto, voltar a apresentar-se a eleições em duas freguesias: Lama e União de Freguesias de Vilar do Monte / Tamel Santa Leocádia, sendo esta última uma das duas que o Movimento conquistou em 2013. Na outra, a de Fornelos, o executivo eleito pelo MIB vai agora concorrer pelo PS.

Manuel Marinho adianta que o MIB continuará a manter-se atento ao que se passa em Barcelos: “O MIB esmorece em termos políticos, mas o Movimento continua como associação com fins sociais e a qualquer momento podem surgir iniciativas para dar um impulso diferente. Está adormecido, mas não está morto, vai estar atento ao que se passa na sociedade barcelense.

Criado por Manuel Marinho após o vereador ter abandonado o PSD, o MIB conquistou em 2013 mais de 7500 votos para a Câmara conseguindo eleger um vereador.

 

Rádio Cávado Barcelos