Três obras inauguradas em Vila Cova e Feitos

O presidente da Câmara inaugurou ontem três obras na União de Freguesias de Feitos e Vila Cova. Uma delas foi o parque de estacionamento da Escola Básica e Secundária de Vila Cova. Trata-se de uma obra há muita reivindicada pela comunidade escolar e que já estava pronta há vários meses. A Escola de Vila Cova foi construída há 22 anos sem zona de estacionamento. Os professores e funcionários estacionavam os carros num terreno particular contíguo à escola. Entretanto, um diferendo com os proprietários obrigou a que o estacionamento fosse feito na via pública complicando a circulação rodoviária. A situação obrigou à intervenção do Município que investiu 140 mil euros na criação de uma zona de estacionamento junto à escola. Miguel Costa Gomes diz que a situação devia ter sido acautelada aquando da construção da escola: “No fundo o que se fez aqui foi cumprir o acordo feito há 16, 17 anos junto dos proprietários que na altura cederam este terreno. Foi confrontado com esta situação em 2010 e não fazia sentido isto não ter sido resolvido há mais tempo. Na origem, e até porque a Câmara tem um terreno por trás da escola, fazia sentido ter planeado isto de forma diferente”.

O presidente da Câmara também inaugurou ontem em Vila Cova a Casa Abrigo para acolher vítimas de violência doméstica e refugiados: “A Casa Abrigo é um projeto de um cidadão que decidiu participar a sua propriedade privada, recuperando um edifício com duas habitações e, de uma forma solidária, pô-lo ao serviço de famílias com necessidades articulando com o pelouro da Ação Social”.

A ‘ronda’ de inaugurações começou na Sede de Junta dos Feitos, que foi requalificada, e serve as associações da freguesia: “Tem uma comparticipação da CCDR-Norte de um projeto que existia no passado da construção de sedes de Junta. Atualmente, Feitos está agregada numa União de Freguesias com Vila Cova e, portanto, aquele espaço é usado para receber os cidadãos duas vezes por semana, mas ao mesmo tempo é partilhado com as associações locais. É um espaço público que está a ser utilizado e a ser posto ao serviço do associativismo”.

As obras inaugurados ontem pelo presidente da Câmara correspondem a um investimento do Município na ordem dos 200 mil euros.

Rádio Cávado Barcelos