Campanha de Domingos Pereira é a que tem orçamento mais elevado

1 year ago Autárquicas 20174
A candidatura de Domingos Pereira é a que tem o orçamento de campanha mais elevado das seis listas que concorrem à Câmara de Barcelos. O Movimento Independente Barcelos Terra de Futuro estima gastar 189.941 euros, bem mais que a coligação PSD-CDS, que apresenta o segundo orçamento mais elevado, de 121.146 euros. O PS surge em terceiro com um orçamento de 114.605 euros.
Dos cerca de 190 mil euros, o Movimento Independente Barcelos Terra de Futuro espera receber perto de 140 mil de subvenção estatal e os outros 50 mil de donativos.
A Coligação Mais Barcelos estima gastar 121.146 euros, precisamente o valor que conta receber de subvenção estatal, não contando com donativos nem comparticipação direta dos partidos.
O PS, partido que detém o poder camarário, apresenta para as autárquicas em Barcelos um orçamento de 114.605 euros, o mesmo valor que espera receber de subvenção estatal, não tendo, tal como a coligação de direita, donativos nem contribuições do partido.
Noutro patamar, estão a CDU e o Bloco de Esquerda. A Coligação PCP/Os Verdes prevê que a campanha custará 25 mil euros, sendo 19 mil oriundos de subvenção estatal, 5.500 financiados pelos partidos e 500 euros provenientes de angariação de fundos. O Bloco de Esquerda apresenta um orçamento de 14.533 euros, contando com cerca de 14 mil euros de subvenção estatal e o restante proveniente de angariação de fundos.
A mais modesta de todas as campanhas é a do MAS – Movimento Alternativa Socialista que prevê gastar apenas 1.400 euros, valor totalmente financiado pelo partido que, recorde-se, é contra as subvenções estatais às organizações políticas.
Os dados constam da plataforma online da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos.
Rádio Cávado Barcelos