MAS defende regresso da maternidade a Barcelos

1 year ago Autárquicas 201712

O MAS – Movimento Alternativa Socialista esteve terça-feira em ação de campanha junto ao hospital de Barcelos. O candidato à Câmara, Vasco Santos, defende o regresso da maternidade: “Há uma necessidade que precisa ser colmatada. PS e PSD são os responsáveis pelo estado a que este hospital chegou. Uma das bandeiras do MAS é, efetivamente, a construção de um novo hospital, mas não basta ser um novo hospital. É preciso ser um hospital com serviços para a população. Se forem apenas quatro paredes, isso não servirá a população. Queremos que volte para o hospital de Barcelos a maternidade que é, de facto, um dos serviços que saíram daqui de Barcelos, e que não faz sentido nenhum ter saído. Aliás, desde que a maternidade saiu do hospital, este tem vindo a descer em números de serviços e especialidades. Há aqui um desmantelamento do Hospital de Barcelos. E de todo o Serviço Nacional de Saúde, já agora”.

De tarde, o partido visitou o Bairro 1.º de Maio, em Arcozelo. O candidato à Câmara, Vasco Santos, lembra que para os jovens está a tornar-se difícil viver em Barcelos: “A habitação é um direito  que ainda não está efetivado. O Bairro 1.º de Maio é um bairro simbólico para nós porque foi uma luta da associação de moradores, de que faço parte, para que se fizessem obras após 44 anos. Mas só fazer as obras não resolve os problemas dos moradores. Há a questão das rendas. O alojamento em Barcelos começa a ter problemas, um jovem que queira arrendar uma casa já não consegue arranjar um T1 abaixo dos 300 euros. Ora, 300 euros é mais do salário mínimo! A Câmara tem também alguma responsabilidade não só ao construir – porque devia construir habitações sociais – mas também a fazer pressão junto do governo para que construa mais bairros sociais e para que efetivamente regule o mercado habitacional para que não haja toda uma especulação em crescimento. No Porto e em Lisboa já chegou a um ponto insustentável e, mais cedo ou mais tarde, chegará também a Barcelos”.

Rádio Cávado Barcelos