Domingos Pereira: “Não fico desagradado nem desiludido”

O Movimento Independente Barcelos, Terra de Futuro tirou a maioria absoluta ao PS conseguindo a eleição de dois  vereadores. O candidato Domingos Pereira, que ao longo da campanha eleitoral mostrou confiança na vitória, salienta que continuará “disponível para servir os barcelenses”.

“Propus disponibilizar-me para dirigir os destinos de Barcelos e dos barcelenses, mas de todo não foi o entendimento que os barcelenses fizeram. Por mim, está tudo bem, não fico desagradado nem desiludido. A democracia é precisamente isto, respeitar a vontade da maioria, sempre respeitei e vou continuar a fazê-lo. Vou estar inteiramente disponível para servir Barcelos e os barcelenses. Quanto ao resto vamos analisar melhor, vamos refletir… Ganhámos algumas juntas muito importantes”, afirmou o candidato do Movimento Independente Barcelos, Terra de Futuro, que elegeu, ainda, um segundo vereador, José Pereira.

O PS voltou a ganhar a Câmara, mas perdeu a maioria absoluta. Miguel Costa Gomes obteve 31.687 votos (41,19%), a Coligação Mais Barcelos, 25.241 (32,81%) e o Movimento Independente Barcelos, Terra de Futuro chegou aos 13.769 (17,90%). O Bloco de Esquerda teve 1.413 votos (1,84%), o PCP 1.113 (1,45%) e o MAS, que se estreou nestas eleições autárquicas, angariou 943 votos (1,23%). Houve 1.670 votos em branco (2,17%) e 1.092 nulos (1,42%). A taxa de abstenção foi 28,31%, tendo descindo em relação às últimas eleições.

Ouça as declarações de todos os candidatos aqui.

Rádio Cávado Barcelos