Coligação terminou, mas PSD e CDS continuam alinhados

1 year ago Autárquicas 20173

Na primeira reunião da Câmara após as eleições de 1 de Outubro, o CDS votou alinhado com o PSD chumbando a delegação de competências e a proposta para cinco vereadores a tempo inteiro. António Ribeiro explica que a Coligação terminou após as eleições por uma questão estratégica, mas os dois partidos continuarão a concertar posições: “A Coligação acabou quando os resultado foram validados, mas o nosso projeto não termina aí. O CDS tem outras valores e princípios para além do PSD e o PSD terá outros que ultrapassam o projeto da Coligação. Mas vamos continuar a conversar. Decidimos que íamos votar separados, porque há quatro anos, acho que as coisas foram um pouco mal entendidas pela imprensa e o CDS acabou por ser subalternazido em relação ao PSD. E achámos que desta vez, por opção estratégia, mesmo concordando, poderá haver um ponto de vista que queiramos expressar de uma forma com mais vigor que o PSD não queira e vice-versa”.

Rádio Cávado Barcelos