“Querem usar o Gil Vicente como bóia de salvação”

3 months ago Concelhio, Nacional, Últimas129

O antigo presidente do Gil Vicente António Fiúza congratulou-se, esta quinta-feira, pelo comunicado da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que exige a reintegração do clube na próxima época.

Em declarações à Lusa, o antigo dirigente disse que “A FPF esteve muito bem ao fazer este comunicado para clarificar isto tudo. Já há dois anos que o Gil Vicente era para ter subido, mas manobras de bastidores e tráfico de influências de alguns clubes que nunca querem descer, fizeram com que fosse retirado esse ponto na ordem de trabalhos numa assembleia-geral da Liga”.

O Presidente Honorário do clube barcelense acusou ainda que “Lá porque alguns clubes construíram mal os seus plantéis, não tiveram competência para contratar jogadores de qualidade, quererem usar o Gil Vicente como bóia de salvação, é próprio de gente que não tem caráter”.

António Fiúza mostra-se, por isso, descansado com o comunicado da FPF, mas defende ainda que a Liga Portuguesa de Futebol Profissional deveria ter participado também no comunicado, atacando o presidente. “O senhor Pedro Proença é um jogador e como estamos em ano de eleições está a jogar em vários tabuleiros, mas tem que haver justiça, todos os tribunais deram razão ao Gil Vicente” afirmou.

Actualmente, o Gil Vicente disputa a Série A do Campeonato de Portugal, sem que os seus jogos contem para a classificação pontual. Recentemente vários clubes do principal escalão admitiram recorrer à justiça para impugnar o campeonato, alegando que a subida de divisão não é obrigatória.

Rádio Cávado Barcelos