Barcelos vai inventariar pontes, viadutos, túneis e passagens

A Câmara Municipal de Barcelos vai inventariar pontes, viadutos, túneis e passagens existentes no concelho. A ação vai-se realizar durante nove meses e vai custar 29 985 mil euros ao município.

O executivo aprovou a implementação do projeto “Reconhecer”, desenvolvido pela Universidade Lusófona (UL) e pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) de Lisboa, através de protocolo envolvendo as três entidades. O principal objetivo da ação tem em vista a realização de intervenções que se venham a mostrar necessárias à segurança de pessoas e bens.

Segundo o documento aprovado pelo executivo é possível não só potenciar a definição de uma estratégia de acompanhamento das condições das obras mas, também, facilitar a orçamentação da sua manutenção e posicionar o Município de Barcelos como uma das autarquias a implementar um plano de inventariação das obras de arte sob a sua responsabilidade direta e, assim, promovendo uma maior proteção permanente de vidas humanas.

Rádio Cávado Barcelos